Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

MUITA EMOÇÃO PERANTE O SONHO REALIZADO! ( )

A Apae de Bauru inaugurou, no último dia 23, a Sala Snoezelen para estimulação multissensorial.
A sala de atendimento é um ambiente agradável equipado com sons, aromas, texturas para experiências táteis, cores e efeitos luminosos, estimulando as funções cognitivas e da comunicação, além do afeto e das habilidades motoras, oferecendo um ambiente de oportunidades de interação e envolvimento. A técnica é indicada para pessoas com deficiência e outras necessidades educacionais especiais de todas as idades, complementando o plano terapêutico de reabilitação realizado pela APAE.
A equipe da Apae não conseguiu conter a emoção durante a cerimônia de inauguração da Sala Snoezelen e foi as lágrimas, “o objetivo da sala além de oferecer habilitação e reabilitação é também oferecer um local mágico, onde as potencialidades e emoções de nossos usuários possam ser exploradas e desenvolvidas. Um local capaz de provocar mudanças significativas no ser humano. Onde eles se sintam parte integrante de um mundo mais bonito e gostoso de se viver”, disse Vânia Grassi. football news
O evento contou com a presença dos vereadores Amarildo de Oliveira, Fernando Mantovani e Roberval sakai representado por Herondi Cerqueira de Souza; Fábio Manfrinato representando a Emburb, representantes da Diretoria de Ensino, do Senac, da Sorri, da Unip, da Federação Estadual das Apaes, da Ordem dos Advogados do Brasil, da Secretaria Municipal de Educação, outras Apaes e também a equipe Snoezelen da Amcip de Curitiba.
A disseminação e a utilização do método Snoezelen são realizadas no modelo de franquia social e a Apae de Bauru agora é franqueada, tornando-se o Centro Snoezelen do Estado de São Paulo. A equipe de profissionais que participou do curso poderá atuar como terapeutas Snoezelen e além disso, capacitar outros profissionais da própria Apae e outras instituições interessadas.
A Sala foi implantada com recursos da Assistência, Saúde e Educação, além da parceria com estudantes de Engenharia Elétrica da Universidade Paulista (UNIP–Campus Bauru) que desenvolveram equipamentos reduzindo custos, além de projetarem com a equipe da APAE o layout da sala. A previsão de início do atendimento é para o dia 4 de novembro com 70 usuários, inicialmente. A partir do próximo ano o projeto será avaliado e ampliado.

fonte: APAE

s